O momento é de reflexão e muita gente está aproveitando o finalzinho das férias para fazer um balanço de tudo que passou e planejar o novo ciclo que se inicia.

Deixar o passado no passado

Não se trata de esquecer e muito menos de sermos ingratos com fatos e pessoas que passaram por nossas vidas, mas sim de aprender com erros e com acertos, perdoando e dando novas chances a nós mesmos e aos outros a cada segundo.

Quando você encara o passado como uma escola onde cada lição teve sua utilidade, você se livra do peso que ele pode ter e abre as portas para um mundo novo, de alma leve e lavada, pronto para novas jornadas e aprendizados, voando cada vez mais alto.

Novos ciclos, desafios, projetos e oportunidades 

Sobre o futuro, há quem prefira não pensar muito, não criar expectativas, e escolher viver à mercê das marés. Mas não precisa ser assim, há infinitas possibilidades diante dos nossos olhos que, muitas vezes, não enxergamos.

E por que não enxergamos? Por que algumas pessoas têm ideias e projetos arrojados enquanto outras levam a vida da mesma forma, anos a fio?

Autoconhecimento e Visão

A forma como vemos o mundo externo é muito parecida com a forma com a qual nos vemos. Na medida em que conhecemos nossas habilidades, pontos fracos e fortes, descobrimos o que nos faz felizes ou tristes, vamos nos sentindo cada vez mais confiantes para vislumbrar novos horizontes e ousar.

Ao tomar conhecimento de onde podemos e queremos chegar, o que era um sonho passa a ser um projeto no qual nossas capacidades são os recursos que permitem alcançar nossas metas.

Planejamento

Agora é a hora de acreditar em si mesmo, de ousar, de se propor novos objetivos e de se cobrar. É importante colocar seus planos no papel, ou no computador, com prazos pra você mesmo. Quem não consegue fazer isso sozinho precisa da ajuda de um coach para sair da zona de conforto e quebrar antigos padrões.

Desapego

Ir na direção de algumas coisas significa nos afastarmos de outras. O que que você precisa deixar para trás que ainda não deixou? Saber dizer não, abrir mão de antigos vícios pode parecer fácil, mas requer força, resistência, persistência e resiliência. Muitas tempestades surgem no caminho e somente a certeza de quem somos, do que queremos e podemos poderá nos manter no caminho e permitir nosso sucesso.

Um desafio

Eu te desafio agora a pensar no que você faria neste minuto se pudesse fazer qualquer coisa. Mudaria de profissão? Praticaria um esporte radical? O que te faz feliz? Quer mudar de cidade? De país? O que te impede?

Pense no seu sonho mais impossível e avalie se ele é mesmo impossível. Pode ser que tudo seja uma questão de autoconhecimento, organização, objetividade e força de vontade.

FACEBOOK
Google+
http://moomconsultoria.com/2019/01/10/voce-de-bem-com-a-vida-reflexao-e-planejamento/
LinkedIn
Instagram